À Procura da Verdade

Este fórum foi iniciado para que se pudesse conversar livremente e colocar os diversos pontos de vista sobre as verdades bíblicas.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 semelhança de moisés com Jesus

Ir em baixo 
AutorMensagem
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

MensagemAssunto: semelhança de moisés com Jesus   Ter Jul 28, 2009 4:00 am

Tanto Moisés como Jesus escaparam da matança de bebes do sexo masculino. O bebé Moisés foi escondido entre os juncos à beira do rio Nilo, escapando assim da matança de bebés israelitas do sexo masculino, ordenada pelo Faraó do Egipto. Quando criancinha, Jesus também escapou da matança de meninos de até dois anos de idade, em Belém e seus distritos. Esse massacre foi ordenado pelo Rei Herodes, o Grande, que, como Faraó, era inimigo de Deus e do Seu povo. — Êxodo 1:22–2:10; Mateus 2:13-18.

Tanto Moisés como Jesus manifestaram um espírito brando, ou manso. Embora tivesse sido criado como filho na família de um poderoso rei do Egito, Moisés veio a ser “em muito o mais manso de todos os homens na superfície do solo”. (Números 12:3) Semelhantemente, Jesus servira como o poderoso príncipe Miguel, no céu, mas, em humildade, veio à Terra. (Daniel 10:13; Filipenses 2:5-Cool Ademais, Jesus sentia compaixão pelas pessoas e pôde dizer: “Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, pois sou de temperamento brando e humilde de coração, e achareis revigoramento para as vossas almas.” — Mateus 11:29; 14:14.

Pela causa do serviço de Jeová, tanto Moisés como Jesus deixaram para trás posições de destaque e grandes riquezas.
Para servir a Jeová e a Seu povo, Moisés abriu mão de riquezas e dum lugar de prestígio no Egipto. (Hebreus 11:24-26) De modo similar, Jesus deixou para trás uma posição grandemente favorecida e riquezas no céu, a fim de servir a Deus e a Seu povo na Terra. — 2 Coríntios 8:9.

Tanto Moisés como Jesus tornaram-se ungidos de Deus. O profeta Moisés serviu como ungido de Jeová para a nação de Israel. Como disse o apóstolo Paulo, Moisés “estimava o vitupério [de ser o] Cristo [ungido] como riqueza maior do que os tesouros do Egito”. (Hebreus 11:26; Êxodo 3:1–4:17) Quando é que Jesus se tornou o Cristo, ou ungido? Isto ocorreu quando foi ungido com espírito santo, ou força ativa, de Deus, por ocasião do seu baptismo. Para a samaritana, junto à fonte de Jacó, em Sicar, e perante o sumo sacerdote de Israel, quando estava sendo julgado, Jesus testificou que era o Messias, ou Cristo. — Marcos 14:61, 62; João 4:25, 26.

Tanto Moisés como Jesus jejuaram 40 dias. No início de sua carreira como porta-voz de Deus, Moisés jejuou 40 dias enquanto estava no monte Sinai. (Êxodo 34:28) Jesus jejuou 40 dias no ermo e, daí, resistiu a tentações satânicas no início de sua carreira como o prometido Messias. — Mateus 4:1-11.

Jeová usou tanto a Moisés como a Jesus para magnificar Seu santo nome. Deus mandou Moisés apresentar-se aos israelitas no nome de ‘Jeová, o Deus dos seus antepassados’. (Êxodo 3:13-16) Moisés representou a Deus perante Faraó, que foi mantido em existência para que o poder de Jeová pudesse ser mostrado e Seu nome fosse declarado em toda a Terra. (Êxodo 9:16) Jesus, da mesma forma, veio no nome de Jeová. Por exemplo, Cristo disse: “Vim em nome de meu Pai, mas não me recebestes.” (João 5:43) Jesus glorificou seu Pai, fez manifesto o nome de Jeová aos homens que Deus lhe dera e o tornou bem conhecido na Terra. — João 17:4, 6, 26.

Pelo poder divino, tanto Moisés como Jesus realizaram milagres que glorificaram a Deus. Moisés realizou milagres para provar que fora comissionado por Jeová Deus. (Êxodo 4:1-31) No decorrer de sua carreira, Moisés, que foi usado por Deus para partir o mar Vermelho, continuou a realizar milagres que glorificavam a Jeová. (Êxodo 5:1–12:36; 14:21-31; 16:11-18; 17:5-7; Salmo 78:12-54) Similarmente, Jesus deu glória a Deus, realizando muitos milagres. Tanto era assim que ele pôde dizer: “Acreditai-me que estou em união com o Pai e que o Pai está em união comigo; senão, acreditai por causa das próprias obras.” (João 14:11) Um dos seus milagres foi fazer com que uma violenta tempestade diminuísse, de modo que o mar da Galiléia se acalmou. — Marcos 4:35-41; Lucas 7:18-23.

Tanto Moisés como Jesus tiveram algo que ver com uma provisão milagrosa de alimento. Moisés era profeta de Jeová quando os israelitas receberam uma provisão milagrosa de alimento. (Êxodo 16:11-36) De modo similar, a Bíblia regista duas ocasiões em que Jesus milagrosamente deu alimento material a multidões. — Mateus 14:14-21; 15:32-38.

O maná enviado do céu relacionava-se tanto com o serviço de Moisés como com o de Jesus. Moisés liderava os israelitas quando estes foram supridos do maná enviado do céu, por assim dizer. (Êxodo 16:11-27; Números 11:4-9; Salmo 78:25) De modo comparável, mas muitíssimo importante, Jesus deu sua própria carne como maná enviado do céu para a vida da humanidade obediente. — João 6:48-51.

Tanto Moisés como Jesus conduziram pessoas da servidão à liberdade. Moisés foi usado por Deus para conduzir os israelitas da servidão aos egípcios à liberdade usufruída como povo Seu. (Êxodo 12:37-42) Similarmente, Jesus Cristo tem conduzido seus seguidores à liberdade. Cristo ainda conduzirá a humanidade obediente à liberdade da servidão à organização de Satanás, o Diabo, bem como à liberdade do pecado e da morte. — 1 Coríntios 15:24-26; Colossenses 1:13; 1 João 5:19.

Tanto Moisés como Jesus mediaram pactos. Moisés foi o mediador do pacto da Lei, entre Jeová Deus e os israelitas. (Êxodo 19:3-9) Jesus é o mediador do novo pacto, entre Deus e o Israel espiritual. — Jeremias 31:31-34; Lucas 22:20; Hebreus 8:6-13.

Confiou-se tanto a Moisés como a Jesus Cristo o encargo de julgar. Moisés serviu como juiz e legislador para o Israel carnal. (Êxodo 18:13; Malaquias 4:4) Jesus serve como Juiz e dá ao “Israel de Deus” suas leis e mandamentos. (Gálatas 6:16; João 15:10) O próprio Cristo disse: “O Pai não julga a ninguém, mas tem confiado todo o julgamento ao Filho, a fim de que todos honrem o Filho, assim como honram o Pai. Quem não honrar o Filho, não honra o Pai que o enviou.” — João 5:22, 23.

Tanto Moisés como Jesus foram incumbidos da chefia sobre a casa de Deus.
Moisés foi fiel como cabeça sobre a casa de Deus no antigo Israel. (Números 12:7) Semelhantemente, Jesus foi designado Cabeça da casa espiritual de filhos, de Jeová, e tem-se mostrado fiel sobre ela. Deveras, Jesus “foi fiel Àquele que o fez tal, assim como também Moisés o foi em toda a casa Daquele. Pois este último é considerado digno de maior glória do que Moisés, visto que aquele que a constrói tem maior honra do que a casa. . . . E Moisés, como assistente, foi fiel em toda a casa Daquele, como testemunho das coisas de que se havia de falar depois, mas Cristo foi fiel como Filho sobre a casa Daquele. Nós somos a casa Daquele, se fizermos firme o nosso apego à nossa franqueza no falar e à nossa jactância a respeito da esperança firme até o fim”. — Hebreus 3:2-6.

Mesmo na morte, Moisés e Jesus foram semelhantes. Como assim? Bem, Jeová removeu o corpo de Moisés, impedindo assim que homens o profanassem ou o idolatrassem. (Deuteronómio 34:5, 6; Judas 9) Similarmente, Deus eliminou o corpo de Jesus, não permitindo que visse corrupção e impedindo assim que se tornasse pedra de tropeço para a fé. — Salmo 16:10; Atos 2:29-31; 1 Coríntios 15:50.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MarcioAlmeida



Mensagens : 206
Reputação : 2
Data de inscrição : 27/05/2009
Idade : 50
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: semelhança de moisés com Jesus   Qua Jul 29, 2009 9:43 am

são vieira escreveu:
Mesmo na morte, Moisés e Jesus foram semelhantes. Como assim? Bem, Jeová removeu o corpo de Moisés, impedindo assim que homens o profanassem ou o idolatrassem. (Deuteronómio 34:5, 6; Judas 9) Similarmente, Deus eliminou o corpo de Jesus, não permitindo que visse corrupção e impedindo assim que se tornasse pedra de tropeço para a fé. — Salmo 16:10; Atos 2:29-31; 1 Coríntios 15:50.

Não concordo com a parte que diz que Deus ELIMINOU o corpo de Jesus, dá a entender que jesus foi em espírito para o céu, o que não é o que o novo testamento revela.
Tanto o tempo que passou aqui na terra depois da ressureição quanto sua ascenção são em corpo físico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

MensagemAssunto: Re: semelhança de moisés com Jesus   Qua Jul 29, 2009 2:59 pm

Foi Jesus Cristo ressuscitado fisicamente como homem de carne e sangue?

Segundo as Escrituras inspiradas, Jesus Cristo não foi ressuscitado à vida na carne. Lemos em 1 Pedro 3:18 que ele foi “morto na carne, mas vivificado no espírito”. (Tradução do Novo Mundo; Almeida, actualizada; I.B.B.; Brasileira) Outros textos confirmam que Jesus simplesmente não podia ter sido ressuscitado fisicamente como homem de carne e sangue.

Era do propósito de Deus que seu Filho reassumisse a vida celestial e não mais continuasse a viver como homem na terra. Isto exigia que Jesus fosse ressuscitado como pessoa espiritual, porque pessoas de carne e sangue não podem viver nos céus. O apóstolo Paulo escreveu: “Carne e sangue não podem herdar o reino de Deus, nem pode a corrução herdar a incorrupção.” — 1 Cor. 15:50.

No caso do homem Jesus Cristo, sua carne era uma barreira que impediu o acesso ao domínio celestial. A “carne” de Jesus, portanto, é mencionada em Hebreus 10:20 como sendo representada pela “cortina” que separava o Santo do Santíssimo no tabernáculo. Antes de poder entrar no céu, o verdadeiro “Santíssimo”, Jesus teve de renunciar à sua existência carnal e receber natureza espiritual. Seu corpo de carne teria sido uma barreira para ele ir além da “cortina” como pessoa espiritual.

Outro factor que não deve ser despercebido é o de que o bode e o novilho oferecidos no dia da expiação representavam o sacrifício de Jesus Cristo. A Lei, que prescreveu tais sacrifícios, serviu de “sombra das coisas vindouras”. (Col. 2:17; Heb. 10:1) Conforme sabemos, uma sombra indica a figura ou forma geral da realidade que a projecta. Portanto, para a sombra ser cumprida na realidade, Jesus não podia tomar de volta seu corpo sacrificado de carne e sangue, visto que os cadáveres daquelas vítimas sacrificiais eram cabalmente eliminados por serem queimados. (Heb. 13:11, 12) Portanto, segue-se logicamente que Jeová Deus eliminou o corpo sacrificado de seu Filho. Além disso, se Jesus tivesse tomado de volta seu corpo de carne, seu sacrifício teria sido temporário, sem contínuo valor expiatório.

Não ser Jesus ressuscitado na carne explica porque dois de seus discípulos, bem como Maria Madalena, não o reconheceram nas suas aparências físicas após a ressurreição. Apenas discerniram quem ele era por meio daquilo que disse e fez. — Luc. 24:13-31; João 20:14, 15.

É verdade que, em benefício de Tomé, que duvidava, Jesus apareceu com a evidência física dos marcos dos pregos nas mãos e do ferimento da lança no seu lado. (João 20:24-29) Contudo, mesmo relacionado com esta manifestação, há prova de que Jesus deve ter materializado instantaneamente um corpo físico de carne. Uma testemunha ocular, o apóstolo João, relatou: “Jesus veio, embora as portas estivessem fechadas à chave, e ficou em pé no meio deles.” (João 20:26) É evidente que o apóstolo João não teria salientado este ponto, se Jesus simplesmente tivesse aberto a porta e depois entrado fisicamente na sala. Pelo que parece, Jesus apareceu de repente no meio de seus discípulos; a porta fechada não lhe impediu a entrada. Isto é algo que nenhum homem de carne podia ter feito. Mas é algo que pessoas espirituais podiam fazer por se materializarem. Por exemplo, o anjo Gabriel apareceu fisicamente ao sacerdote Zacarias, no santo do templo. (Luc. 1:11) E o anjo que apareceu aos pais de Sansão ascendeu na chama do fogo. — Juí. 13:19, 20.

O caso que envolvia o anjo que falou com os pais de Sansão lança também luz sobre a ascensão de Jesus aos céus. Para os pais de Sansão, aquele anjo permaneceu visível ao ascender numa chama de fogo, mas evidentemente desmaterializou-se e desapareceu da vista. De modo similar, quando Jesus subiu ao céu, permaneceu visível até que foi envolvido por uma nuvem, ocultando-o da vista física dos discípulos. Daí deve ter desmaterializado o corpo carnal em que fora visto, assim como fizeram anjos materializados em outras ocasiões. — Atos 1:9-11.

Que Jesus simplesmente assumiu um corpo, para ser visto pelos seus discípulos, assim como anjos fizeram no passado, é também evidente no fato de que apareceu plenamente vestido. Quando Jesus foi deitado no túmulo, não estava vestido, mas apenas envolvido em faixas de linho fino. Depois de sua ressurreição, estas faixas permaneceram no túmulo. Portanto, assim como Jesus teve de materializar roupa, também teve de assumir carne, para se tornar fisicamente visível aos seus discípulos. — Luc. 23:53; João 19:40; 20:6, 7.

Com este fundo, podemos reconhecer que, ser Jesus chamado de “Filho do homem”, mesmo depois de ter ido para o céu, não se pode referir a ele ter um corpo humano nos céus. (Atos 7:56) Uma profecia messiânica que fala sobre ele receber poder régio de seu Pai, refere-se a ele como sendo “alguém semelhante a um filho de homem”. (Dan. 7:13, 14) Portanto, embora tivesse oferecido o sacrifício exigido por entregar a sua natureza humana, Jesus Cristo retém a designação messiânica de “Filho do homem”. De modo similar, Jesus Cristo leva o título de “o Cordeiro”, por ter deposto a sua vida em sacrifício. (Rev. 21:22) Este título obviamente não descreve sua aparência ou natureza nos céus.

Assim, as Escrituras, como um todo, testificam que Jesus foi ressuscitado, não como homem de carne e sangue, mas como gloriosa pessoa espiritual.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MarcioAlmeida



Mensagens : 206
Reputação : 2
Data de inscrição : 27/05/2009
Idade : 50
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: semelhança de moisés com Jesus   Qua Jul 29, 2009 3:20 pm

Uma ótima explanação...
Nada como pontos de vista diferentes para engrandecer o conhecimento...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

MensagemAssunto: Re: semelhança de moisés com Jesus   Ter Ago 04, 2009 3:56 am

mais uma semelhança....

a nação formada sob a direcção de Moisés apontava para uma nova nação que seria formada sob a direcção de Cristo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: semelhança de moisés com Jesus   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
semelhança de moisés com Jesus
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Porque existe semelhanças na história de Jesus com a dos deuses pagãos?
» O grande paralelismo que há entre Cristo e Moisés!
» Como a lei de Moisés difere-se da Lei de Cristo
» Moises apareceu para Jesus em espirito ou em corpo?
» Jesus estava ou não estava sujeito à Lei de Moisés ?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
À Procura da Verdade :: Pentateuco :: Êxodo :: Moisés o mensageiro de Deus-
Ir para: