À Procura da Verdade

Este fórum foi iniciado para que se pudesse conversar livremente e colocar os diversos pontos de vista sobre as verdades bíblicas.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe
 

 Quem eram os "filhos de Deus" ?

Ir em baixo 
AutorMensagem
MarcioAlmeida



Mensagens : 206
Reputação : 2
Data de inscrição : 27/05/2009
Idade : 51
Localização : São Paulo

Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: Quem eram os "filhos de Deus" ?   Quem eram os "filhos de Deus" ? EmptySeg Jun 01, 2009 12:08 pm

Gen 5:2 "Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens"
Quem eram esses filhos de Deus ?
Seriam outros seres ou apenas os que seguiam os desejos de Deus ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: filhos de Deus   Quem eram os "filhos de Deus" ? EmptySex Jul 24, 2009 6:05 pm

eram crituras angélicas que ao apreciar as mulheres desejaram-nas mas isso era algo proibido para eles... o que resultou: homens hibridos- homens poderosos e de fama- os nefilins- gigantes da época. não é de admirar que deus intervisse para acabar com o terrorismo da época
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MarcioAlmeida



Mensagens : 206
Reputação : 2
Data de inscrição : 27/05/2009
Idade : 51
Localização : São Paulo

Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: Re: Quem eram os "filhos de Deus" ?   Quem eram os "filhos de Deus" ? EmptyTer Jul 28, 2009 5:27 pm

Existe uma outra versão que diz tratarem-se de pessoas normais que eram seguidoras de Deus "seus filhos" que começaram a olhar para as que não seguiam a Deus, isto é, seguiam a seus próprios instintos, portanto "filhas dos homens".
As citações sobre os Nefilins não afimam que são filhos dessa união, apenas que eles existiam...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: Re: Quem eram os "filhos de Deus" ?   Quem eram os "filhos de Deus" ? EmptyTer Jul 28, 2009 7:38 pm

a mensagem é clara:
(Gênesis 6:1-4) 6 Ora, sucedeu que, quando os homens principiaram a aumentar em número na superfície do solo e lhes nasceram filhas, 2 então os filhos do [verdadeiro] Deus começaram a notar as filhas dos homens, que elas eram bem-parecidas; e foram tomar para si esposas, a saber, todas as que escolheram. 3 Depois disso, Jeová disse: “Meu espírito não há de agir por tempo indefinido para com o homem, porquanto ele é carne. Concordemente, seus dias hão de somar cento e vinte anos.” 4 Naqueles dias veio a haver os nefilins na terra, e também depois, quando os filhos do [verdadeiro] Deus continuaram a ter relações com as filhas dos homens e elas lhes deram filhos; eles eram os poderosos da antiguidade, os homens de fama.



Os anjos, criados por Deus, são filhos de Deus. (Jó 1:6; 38:7)

consequência para a desobediência: Tártaro

Condição semelhante à de prisão, degradada, na qual Deus lançou os anjos desobedientes nos dias de Noé.

Esta palavra ocorre uma só vez nas Escrituras inspiradas, em 2 Pedro 2:4. O apóstolo escreve: “Deus não se refreou de punir os anjos que pecaram, mas, lançando-os no Tártaro, entregou-os a covas de profunda escuridão, reservando-os para o julgamento.” A expressão “lançando-os no Tártaro” é uma tradução do verbo grego tar·ta·ró·o, que inclui em si mesmo a palavra “Tártaro”.

Há um texto paralelo em Judas 6: “E os anjos que não conservaram a sua posição original, mas abandonaram a sua própria moradia correta, ele reservou com laços sempiternos, em profunda escuridão, para o julgamento do grande dia.” Mostrando quando foi que tais anjos “abandonaram a sua própria moradia correta”, Pedro menciona os “espíritos em prisão, os quais outrora tinham sido desobedientes, quando a paciência de Deus esperava nos dias de Noé, enquanto se construía a arca”. (1Pe 3:19, 20) Isto liga directamente o assunto ao relato em Gênesis 6:1-4 a respeito dos “filhos do verdadeiro Deus” que abandonaram a sua morada celestial para coabitar com mulheres em tempos pré-diluvianos e produziram filhos por meio delas, sendo tais descendentes chamados de nefilins.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MarcioAlmeida



Mensagens : 206
Reputação : 2
Data de inscrição : 27/05/2009
Idade : 51
Localização : São Paulo

Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: Re: Quem eram os "filhos de Deus" ?   Quem eram os "filhos de Deus" ? EmptyQua Jul 29, 2009 9:08 am

"Os anjos, criados por Deus, são filhos de Deus. (Jó 1:6; 38:7) "
Êxodo 4:22 Então dirás a Faraó: Assim diz o SENHOR: Israel é meu filho, meu primogênito.

Então vemos que além dos anjos, Israel também é chamado de filho de Deus. Há muitas outras passagens ratificando a que coloquei...

Quando ouve a rebelião de Lúcifer (imaginando-se a possibilidade da existência desta rebelião), dizem que um terço dos anjos cairam junto com ele, portanto a punição que você relatou pode perfeitamente tratar-se destes anjos.
Não vi, em nenhum dos textos que você relatou, uma referência clara que confirme que os anjos PUROS tenham se deixado enfeiticar pelas mulheres humanas. Porém, assim como aconteceu a Sansão, aconteceu aos fieis daquele tempo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: Re: Quem eram os "filhos de Deus" ?   Quem eram os "filhos de Deus" ? EmptyQua Jul 29, 2009 10:21 am

“Filhos do Verdadeiro Deus.

” A primeira menção de “filhos do verdadeiro Deus” ocorre em Génesis 6:2-4. Ali, esses filhos são mencionados como ‘começando a notar as filhas dos homens, que elas eram bem-parecidas; e foram tomar para si esposas, a saber, todas as que escolheram’, antes do Dilúvio global.

Muitos comentadores afirmam que estes ‘filhos de Deus’ eram também humanos, sendo na realidade homens da linhagem de Sete. Baseiam seu argumento no fato de que o piedoso Noé era da linhagem de Sete, ao passo que as outras linhagens descendentes de Adão, a de Caim e as de quaisquer outros filhos de Adão (Gên 5:3, 4), foram destruídas no Dilúvio. De modo que dizem que, tomarem “os filhos do verdadeiro Deus” por esposas “as filhas dos homens” significa que os setitas passaram a casar-se com as da linhagem do iníquo Caim.

Todavia, não há nada que mostre que Deus fizesse neste ponto alguma distinção assim entre as linhagens familiares. Falta evidência bíblica corroborante para apoiar o conceito de que aqui se trata de casamentos mistos entre as linhagens de Sete e de Caim, ou que esses casamentos fossem responsáveis pelo nascimento de “poderosos”, mencionados no versículo 4 . É verdade que a expressão “filhos de homens [ou “da humanidade”]” (que aqueles que preferem o já mencionado conceito contrastariam com a expressão ‘filhos de Deus’) é frequentemente usada em sentido desfavorável, mas nem sempre. — Veja Sal 4:2; 57:4; Pr 8:22, 30, 31; Je 32:18, 19; Da 10:16.

Filhos angélicos de Deus. Por outro lado, há uma explicação que encontra corroboração nas Escrituras. A próxima ocorrência da expressão “filhos do verdadeiro Deus” está em Jó 1:6, e ali se refere obviamente a filhos espirituais de Deus, reunidos na presença Dele, entre eles comparecendo também Satanás, que estivera a “percorrer a terra”. (Jó 1:7; veja também 2:1, 2.) Novamente, em Jó 38:4-7, “os filhos de Deus” que ‘bradaram em aplauso’ quando Deus ‘lançou a pedra angular’ da terra, claramente eram filhos angélicos e não humanos descendentes de Adão (o qual nem mesmo ainda tinha sido criado). Igualmente, no Salmo 89:6, “os filhos de Deus” definitivamente são criaturas celestiais, não terrenas. — Veja DEUS (Termos Hebraicos).

A identificação dos “filhos do verdadeiro Deus”, em Génesis 6:2-4, com criaturas angélicas sofre objecção por parte daqueles que sustentam o já mencionado conceito, por dizerem que o contexto se relaciona inteiramente com iniquidade humana. Esta objecção não é válida, porém, visto que a intervenção errada de criaturas espirituais em assuntos humanos com toda a certeza podia contribuir para o aumento da iniquidade humana ou acelerá-la. Criaturas espirituais iníquas, durante o tempo em que Jesus esteve na terra, embora não se materializassem então em forma visível, foram responsáveis pela conduta humana extremamente errada. A menção da intromissão nos assuntos humanos por parte de filhos angélicos de Deus podia razoavelmente aparecer no relato de Génesis, exactamente porque explica em grau considerável a gravidade da situação que se desenvolvera na terra antes do Dilúvio.

Isto é apoiado pelas referências do apóstolo Pedro aos “espíritos em prisão, os quais outrora tinham sido desobedientes, quando a paciência de Deus esperava nos dias de Noé” (1Pe 3:19, 20), e aos “anjos que pecaram”, mencionados em conexão com o “mundo antigo” do tempo de Noé (2Pe 2:4, 5), bem como pela declaração de Judas a respeito dos “anjos que não conservaram a sua posição original, mas abandonaram a sua própria moradia correta”. (Ju 6) Caso se negue que “os filhos do verdadeiro Deus”, de Génesis 6:2-4, sejam criaturas espirituais, então essas declarações feitas por escritores cristãos tornam-se enigmáticas, sem explicação de como ocorreu esta desobediência angélica ou sua relação real com o tempo de Noé.

Ocasionalmente, anjos definitivamente materializaram corpos humanos, até mesmo comendo e bebendo com homens. (Gên 18:1-22; 19:1-3) A declaração de Jesus, quanto a homens e mulheres ressuscitados não se casarem, nem serem dados em casamento, mas serem como os “anjos no céu”, mostra que não existe casamento entre tais criaturas celestiais, nem se indica haver entre elas a distinção de sexo. (Mt 22:30) Mas isto não quer dizer que essas criaturas angélicas não podiam materializar formas humanas e entrar em relações conjugais com mulheres humanas. Deve-se notar que a referência de Judas a anjos não conservarem sua posição original e a abandonarem sua “própria moradia correta” (referindo-se aqui certamente a abandonarem o domínio espiritual) é logo seguida pela declaração: “Assim também Sodoma e Gomorra, e a cidades em volta delas, as quais, da mesma maneira como os precedentes, tendo cometido fornicação de modo excessivo e tendo ido após a carne para uso desnatural, são postas diante de nós como exemplo de aviso.” (Ju 6, 7) De modo que o peso conjunto da evidência bíblica indica um desvio de anjos, a realização de actos contrários à sua natureza espiritual, ocorrendo nos dias de Noé. Portanto, não parece haver razão válida para se duvidar que os ‘filhos de Deus’, de Génesis 6:2-4, eram filhos angélicos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MarcioAlmeida



Mensagens : 206
Reputação : 2
Data de inscrição : 27/05/2009
Idade : 51
Localização : São Paulo

Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: Re: Quem eram os "filhos de Deus" ?   Quem eram os "filhos de Deus" ? EmptyQua Jul 29, 2009 10:37 am

Há também uma vertente que diz que, na criação do ser humano houveram, na realidade, duas criações, por isso aparecem duas vezes no relato de gênesis, uma criação de um ser hermafrodita, isto é mesculino e feminino e outra criação em que foram criados o macho e a fêmea, assim como os demais animais, e esta segunda criação é que comeu do fruto e a primeira seriam os tais "filhos de Deus"...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: Re: Quem eram os "filhos de Deus" ?   Quem eram os "filhos de Deus" ? EmptyQua Jul 29, 2009 2:52 pm

e provas biblicas? então é especulação...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MarcioAlmeida



Mensagens : 206
Reputação : 2
Data de inscrição : 27/05/2009
Idade : 51
Localização : São Paulo

Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: Re: Quem eram os "filhos de Deus" ?   Quem eram os "filhos de Deus" ? EmptyQua Jul 29, 2009 3:43 pm

são vieira escreveu:
e provas biblicas? então é especulação...
Especulação, advinhação, suposição, a bíblia dá margem de sobra para isso...
Entendimento e compreenção às vezes começam com especulações...
Da mesma forma que é difícil acreditar que anjos perfeitos decidiram deixar o céu por uma existência mortal, é difícil acreditar que Deus colocou um jardim no meio de uma povoação já existente entre tantas outras especulações que podemos encontrar na bíblia.
O importante é juntar os FATOS e chegarmos às CERTEZAS.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: Re: Quem eram os "filhos de Deus" ?   Quem eram os "filhos de Deus" ? EmptyQua Jul 29, 2009 4:11 pm

perfeição... com livre arbítrio... Deus não criou robôs que automaticamente faziam tudo o que estava programado mas o livre arbítrio concede que demonstremos voluntariamente o nosso amor a Deus

Perfeição e Livre-arbítrio.

Às criaturas inteligentes de Deus concede-se livre-arbítrio, o privilégio e a responsabilidade de fazerem suas próprias decisões quanto ao proceder que querem adoptar. (De 30:19, 20; Jos 24:15) É evidente que era assim com o primeiro casal humano, para que a sua devoção a Deus pudesse ser submetida a uma prova. (Gên 2:15-17; 3:2, 3) Jeová, como seu Criador, sabia o que queria deles, e as Escrituras tornam claro que ele não queria uma obediência automática, virtualmente mecânica, mas adoração e serviço originados por corações e mentes motivados por um amor genuíno. (Veja De 30:15, 16; 1Cr 28:9; 29:17; Jo 4:23, 24.) Se Adão e Eva não tivessem tido a faculdade de escolha neste assunto, não teriam satisfeito os requisitos de Deus; não teriam sido completos, perfeitos, segundo as normas Dele.

Deve ser lembrado que a perfeição relacionada com os humanos é uma perfeição relativa, limitada à esfera humana. Embora Adão fosse criado perfeito, ele não podia ultrapassar os limites fixados pelo seu Criador; não podia comer terra, cascalho ou madeira sem sofrer maus efeitos; se tentasse respirar água em vez de ar, ele se afogaria. De modo similar, se permitisse que sua mente e seu coração se alimentassem de idéias erradas, isto resultaria em ele ter desejos errados, e finalmente causaria o pecado e a morte. — Tg 1:14, 15; compare isso com Gên 1:29; Mt 4:4.

Torna-se prontamente evidente que a vontade e a escolha individuais da criatura são factores determinantes. Se insistíssemos em que um homem perfeito não poderia adoptar um proceder errado em questões de moral, não deveríamos também logicamente argumentar que uma criatura imperfeita não poderia adoptar o proceder certo em tais questões de moral? No entanto, algumas criaturas imperfeitas adoptam o proceder certo em questões de moral que envolvem a obediência a Deus, preferindo até mesmo sofrer perseguição, em vez de desviar-se de tal proceder; ao mesmo tempo, outros se empenham deliberadamente em fazer o que sabem ser errado. De modo que nem todas as acções erradas podem ser desculpadas com a imperfeição humana. A vontade e a escolha da pessoa são factores decisivos. Do mesmo modo, não seria apenas a perfeição humana que garantiria uma acção correta da parte do primeiro homem, mas, antes, o exercício de seu livre-arbítrio e de sua escolha motivados pelo amor a seu Deus e pelo que é direito. — Pr 4:23.

perfeições são relativas. A perfeição de qualquer outra pessoa ou coisa, portanto, é relativa, não absoluta. (Veja Sal 119:96.) Quer dizer que algo é “perfeito” de acordo, ou em relação com, o objectivo ou finalidade para que foi destinado pelo seu projectista ou produtor, ou com o uso que lhe dá aquele que o recebe ou emprega. O próprio sentido de perfeição exige que haja alguém que decida quando se atingiu a qualidade “completa”, quais são as normas de excelência, que requisitos devem ser satisfeitos e que pormenores são essenciais. No fim, Deus, o Criador, é o derradeiro Árbitro da perfeição, Aquele que estabelece normas, segundo os seus próprios propósitos e interesses justos. ser perfeito significa que teria todas as capacidades para realizar o que era correcto segundo as normas de Deus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: Re: Quem eram os "filhos de Deus" ?   Quem eram os "filhos de Deus" ? EmptySeg Ago 23, 2010 5:58 am

a mitologia dá uma pista...

Roma adoptou muitos deuses da antiga Grécia, junto com suas virtudes e vícios. Por exemplo, Vénus e Flora eram descaradas prostitutas; Baco, beberrão e farrista; Mercúrio, salteador; e Apolo, sedutor de mulheres. Diz-se que Júpiter, o pai dos deuses, cometeu adultério ou incesto com cerca de 59 mulheres! (Quanto isso faz lembrar os anjos rebeldes que coabitavam com mulheres antes do Dilúvio!)

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: Re: Quem eram os "filhos de Deus" ?   Quem eram os "filhos de Deus" ? EmptySeg Ago 30, 2010 2:58 pm

O que pode estar por trás dos antigos mitos gregos a respeito de violentos semideuses?

Estes podem ser um embelezamento e uma distorção do fato de que, antes do Dilúvio, alguns anjos assumiram corpos humanos e levaram uma violenta vida imoral na Terra. (Génesis 6:1, 2)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty
MensagemAssunto: Re: Quem eram os "filhos de Deus" ?   Quem eram os "filhos de Deus" ? Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Quem eram os "filhos de Deus" ?
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» (ITA)"gravitação"
» ITA " funções"
» Idioms - What does mean "lose the tail"?
» "eu sou jesussssssssssssssss"
» "AO DEUS DESCONHECIDO" !!!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
À Procura da Verdade :: Pentateuco :: Gênesis :: Dilúvio-
Ir para: