À Procura da Verdade

Este fórum foi iniciado para que se pudesse conversar livremente e colocar os diversos pontos de vista sobre as verdades bíblicas.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe
 

 Foi encontrada a arca?

Ir em baixo 
AutorMensagem
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

Foi encontrada a arca? Empty
MensagemAssunto: Foi encontrada a arca?   Foi encontrada a arca? EmptyQui Ago 26, 2010 4:31 am


houve muita publicidade no tocante a uma expedição enviada para encontrar a arca de Noé no Mt. Ararate. Grande parte desta publicidade se centraliza nas afirmações de Fernand Navarra.

Science News, de 13 de junho de 1970, declarou: “Em 1955, Fernand Navarra, industrial e explorador amador francês, encontrou no Mt. Ararate, na Turquia oriental, calculadamente 50 toneladas de madeira enterradas numa ponta duma banquisa de gelo glacial. O local da descoberta se acha a mais de 4.200 metros de altitude, a vários milhares de metros acima da linha das árvores e a uns 480 quilómetros de distância das árvores mais próximas de qualquer tamanho. . . . Navarra tem afirmado que o artefato é um pedaço da bíblica Arca de Noé.”

Alguns calcularam que a madeira tinha cerca de 4.000 a 5.000 anos. No entanto, outras descobertas que utilizavam a medição radiocarbónica apresentaram estatísticas mais recentes, embora estas pudessem ter sido influenciadas pela contaminação da madeira com carbono-14 formado mais recentemente na atmosfera superior e trazida para baixo pela chuva e neve.

Daí, em 1969, descobriu-se mais madeira perto do local de 1955. Outras escavações deveriam ocorrer no verão de 1970 sob a direcção da “Search Foundation, Inc.” No entanto, a Turquia impediu que a expedição tivesse acesso ao Mt. Ararate, citando “razões de segurança”. Tentativas foram feitas para mudar esta decisão.

Esta não é a primeira afirmativa da possível descoberta da Arca. Nos séculos passados, houve muitas notícias sensacionais. Alguns afirmam ter visto um navio. Outros, a proa dum navio. Outra notícia diz que uma equipe investigadora encontrou e examinou vários compartimentos numa estrutura parecida a um barco. Mas, não foi possível verificar tais afirmações e estabelecê-las além de dúvida.

Há cerca de dez anos, viu-se no Mt. Ararate uma forma que se parecia a um barco. Fotos da mesma foram publicadas em revistas. Mas, investigadores foram ao local e verificaram tratar-se apenas duma formação terrestre incomum. Na verdade, o interesse actual não se centraliza naquele lugar, mas em outra parte do monte.

Todavia, seria sábio ter cautela. Mesmo que a madeira fosse anterior ao Dilúvio, era a Arca a única estrutura feita à mão daquele tempo? Não é possível que estruturas destruídas pelo Dilúvio pudessem ter seus restos transportados pelas águas do dilúvio para diferentes lugares, inclusive o Mt. Ararate? Não é possível também que uma estrutura de madeira pudesse ter sido construída no Mt. Ararate muito depois do dilúvio dos dias de Noé?

Alguns talvez querem crer que aquilo que está ali é a arca de Noé e, assim, talvez afirmem dogmaticamente que é, antes de se obter evidência conclusiva. Mas, o que dizer se posterior evidência provar que não se tratava da Arca? Será que isso debilitará sua crença no Dilúvio e no relato bíblico sobre a arca de Noé? Não seria a primeira vez que a fé das pessoas sofreria danos por crerem elas em evidência sem base, ao passo que o próprio evento era a verdade.

Por isso, até que haja muito mais evidência do que no presente, não seria sábio fixar as esperanças em tal descoberta para comprovar o relato da Bíblia. Realmente, os cristãos não precisam dessa descoberta. Dispõem do registo da própria Palavra de Deus sobre o assunto. Ele foi testemunha ocular do inteiro evento. Assim, também, temos o registo de Noé, que foi testemunha ocular disso na terra. E temos o registo de que Jesus Cristo mesmo aceitou o dilúvio global como fato histórico. — Gên. 6:1-8:22; Luc. 17:26, 27.

Também, há os relatos do dilúvio comuns a quase toda raça ou cultura. Tão amplo relato não poderia ser mera coincidência. Também, é um fato bem estabelecido que súbita morte aquosa, e, em muitos casos, rápido congelamento, surpreendeu milhões de coisas vivas no passado. Restos delas foram encontradas em enormes quantidades em lugares tais como o Alasca e a Sibéria. Alguns animais foram tão rapidamente congelados que a vegetação ainda se achava em suas bocas e estômagos.

Todavia, até mesmo se os restos da arca de Noé fossem encontrados e definitivamente identificados, ficariam os críticos mais convictos da exactidão da Bíblia? Depositariam então sua confiança nela e em seu Autor? Bem, será que os rolos de Isaías do Mar Morto convenceram os críticos a ter mais fé na Bíblia e em seu Autor do que tinham antes? Não, ao invés, gastaram anos discutindo sobre pormenores de soletração, formas das letras, doutrina dos Essénios, e assim por diante. Desperceberam o verdadeiro ponto no tocante à preservação da Palavra de Deus, e de terem confiança nela e no seu Autor.

Ficariam os críticos do dilúvio global “persuadidos se alguém [digamos, o próprio Noé] se levantar dentre os mortos” e os conduzir à Arca? (Luc. 16:31) Não é provável. Jesus ressuscitou pessoas e isso não convenceu os seus críticos. Ora, quando Jesus ressuscitou um homem chamado Lázaro, os críticos religiosos desejavam matar Jesus! E não só isso, mas “deliberaram matar também Lázaro”! — João 11:45-53; 12:9-11.

Não, não são os fatos sobre a veracidade da Bíblia que faltam. Estes existem em abundância e testificam solidamente que a Bíblia é a Palavra de Deus. O que falta no que tange aos críticos é a condição correta de coração. Não desejam crer. Nem desejam submeter-se aos arranjos ou às leis morais de Jeová Deus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Foi encontrada a arca?
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
À Procura da Verdade :: Pentateuco :: Gênesis :: Dilúvio-
Ir para: