À Procura da Verdade

Este fórum foi iniciado para que se pudesse conversar livremente e colocar os diversos pontos de vista sobre as verdades bíblicas.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Lucas 22:19

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

MensagemAssunto: Lucas 22:19   Qui Mar 18, 2010 1:24 pm

. . .Persisti em fazer isso em memória de mim.”

Jesus Cristo instituiu a celebração da sua morte na noite da Páscoa judaica de 33 EC. A Páscoa era comemorada apenas uma vez por ano, no 14.° dia do mês judaico de nisã. Para calcularem essa data, os judeus evidentemente esperavam pelo equinócio da primavera. Esse é o dia em que há cerca de 12 horas de claridade e 12 de escuridão. A primeira lua nova observável mais perto do equinócio da primavera marcava o início de nisã. A Páscoa vinha 14 dias depois, após o pôr-do-sol.

(este ano seguindo o calendário antigo judaico calha a 30 Março 2010)

Jesus celebrou a Páscoa com seus apóstolos, dispensou Judas Iscariotes e, em seguida, instituiu a Refeição Noturna do Senhor. Essa refeição (ou ceia) substituiu a Páscoa judaica e, portanto, deve ser celebrada apenas uma vez por ano.

O Evangelho de Mateus relata: “Jesus tomou um pão, e, depois de proferir uma bênção, partiu-o, e, dando-o aos discípulos, disse: ‘Tomai, comei. Isto significa meu corpo.’ Tomou também um copo, e, tendo dado graças, deu-lho, dizendo: ‘Bebei dele, todos vós; pois isto significa meu “sangue do pacto”, que há de ser derramado em benefício de muitos, para o perdão de pecados.’” — Mateus 26:26-28.

Alguns acreditam que o pão se tenha tornado literalmente a carne de Jesus, e o vinho, o sangue. No entanto, o corpo físico de Jesus ainda estava intacto quando ele ofereceu esse pão. Será que os apóstolos comeram realmente a carne literal de Jesus e beberam seu sangue? Não, pois isso seria canibalismo e uma violação da lei de Deus. (Gênesis 9:3, 4; Levítico 17:10) De acordo com Lucas 22:20, Jesus disse: “Este copo significa o novo pacto em virtude do meu sangue, que há de ser derramado em vosso benefício.”

Será que aquele copo se tornou literalmente “o novo pacto”? Isso seria impossível, visto que um pacto é um acordo, não algo tangível.

Assim, tanto o pão como o vinho são apenas símbolos. O pão simboliza o corpo perfeito de Jesus. Ele usou um pão que havia sobrado da ceia da Páscoa. Esse pão era feito sem fermento, ou levedura. (Êxodo 12:Cool A Bíblia usa o fermento como símbolo de pecado ou corrupção. O pão, portanto, representa o corpo perfeito que Jesus sacrificou. Era sem pecado. — Mateus 16:11, 12; 1 Coríntios 5:6, 7; 1 Pedro 2:22; 1 João 2:1, 2.

O vinho tinto representa o sangue de Jesus. Esse sangue torna válido o novo pacto. Jesus disse que seu sangue foi derramado “para o perdão de pecados”.

Trata-se de uma ocasião em que todos podem reflectir a respeito do superlativo amor de Jeová Deus e de Jesus Cristo. — João 3:16.

a Páscoa actualmente comemorada para além de conter simbolismos pagãos comemora-se a ressurreição e não a morte como Jesus ordenou.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MarcioAlmeida



Mensagens : 206
Reputação : 2
Data de inscrição : 27/05/2009
Idade : 48
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Lucas 22:19   Qui Mar 18, 2010 4:07 pm

Realmente...

A páscoa é comemorada no domingo, ressureição e não na sexta, dia da morte.

Os símbolos pagãos são o que mais prosperam nos dias de hoje...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

MensagemAssunto: Re: Lucas 22:19   Dom Mar 21, 2010 6:59 am

por isso temos de "Persisti em certificar-vos do que é aceitável para o Senhor; 11 e cessai de compartilhar com [eles] nas obras infrutíferas que pertencem à escuridão, mas, antes, até mesmo [as] repreendei, " (Efésios 5:10-11)

tudo que honra o que é falso e a humanos ao invés daquele a quem pertence tal honra não é aceitável...temos de ter perspicácia espiritual e seriamente abolir dos nossos hábitos coisas que desagradam a Deus...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

MensagemAssunto: Re: Lucas 22:19   Sex Mar 26, 2010 4:42 am

Deus deu sempre orientação ao seu povo para se afastar do que é falso. é falso porque não provém de Deus e está ligado a assuntos espirituais e doutrinais.
então, vou mencionar apenas alguns aspectos.

Proclamou o Vaticano: “Toda semana, no dia em que chamou de dia do Senhor [domingo], [a Igreja] relembra a Sua ressurreição.” Adicionalmente: “Na suprema solenidade da Páscoa, ela também realiza uma comemoração anual da ressurreição.” — The Documents of Vatican II (Documentos do Vaticano II).

Em parte alguma, todavia, indica a Bíblia que os primitivos cristãos observavam, seja um domingo semanal, seja uma Páscoa anual, para comemorar a ressurreição de Cristo. Na noite anterior à sua morte, Cristo ordenou uma celebração bem diferente. Serviu a seus discípulos uma refeição simples, composta de pão e vinho, e ordenou-lhes: “Persisti em fazer isso em memória de mim.” — Lucas 22:19.

Assim, foi a sua morte que Jesus quis que fosse comemorada, e não a sua ressurreição. E com que frequência?

Jesus serviu esta refeição na noite da refeição da Páscoa judaica — uma celebração anual da libertação de Israel do Egipto. (Mateus 26:19, 20, 26-28) Obviamente, Jesus tencionava substituir a Páscoa por esta refeição comemorativa anual. Nem a Páscoa, nem qualquer outra celebração similar, foi ordenada por Cristo. O historiador eclesiástico do quinto século, Sócrates, afirmou: “Os apóstolos não pensavam em designar dias festivos, mas em promover uma vida imaculada e piedosa.”

os isrealitas em violação da ordem de Deus, fizeram um bezerro de ouro. (Êxodo 20:4) Sem dúvida seu formato foi copiado dos ídolos que tinham visto no Egito. Daí, utilizaram esse ídolo num rito que chamaram de “festividade para Jeová”. Mas, será que Jeová Deus achou que isto dava mais “encanto” à Sua adoração? Pelo contrário! Apenas a intervenção de Moisés poupou os israelitas do extermínio! — Êxodo 32:1-5, 9-14.

Os costumes da Páscoa — ovos, coelhinhos, e fogueiras — não são, portanto, purificados por serem praticados pelos cristãos. Antes, maculam a qualquer pessoa que os pratica. — Ageu 2:12, 13.

O desafio proposto agora aos que conhecem a verdade sobre a Páscoa é se agirão ou não de acordo com aquilo que sabem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

MensagemAssunto: Re: Lucas 22:19   Sex Mar 26, 2010 4:50 am

apenas para curiosidade...

ovos, coelho-“Não se trata de mera brincadeira de criança, mas é o vestígio dum rito de fertilidade, sendo que tanto os ovos como o coelho simbolizam a fertilidade.” Até The Catholic Encyclopedia afirma: “O coelho é símbolo pagão e sempre tem sido emblema da fertilidade.”

bolo com ovos e forma de cruz-o livro Easter and Its Customs (Easter [Páscoa] e Seus Costumes) declara: “A cruz era um símbolo pagão muito antes de obter seu significado duradouro dos eventos da primeira Sexta-Feira Santa, e pães e bolos às vezes eram marcados com ela nos tempos pré-cristãos.”

Alguns pensam apenas nos coelhos pascoais e nos ovos coloridos de Páscoa, quando pensam na ressurreição de Jesus. Mas a Bíblia não fala nada sobre coelhos e ovos de Páscoa. Ela fala sobre se servir a Deus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

MensagemAssunto: Re: Lucas 22:19   Sex Mar 26, 2010 4:56 am

porque Cristo ordenou que os verdadeiros cristãos comemorassem a sua morte. porque era importante relembrar ?

O perdão de pecados. Por causa da imperfeição herdada, fazer o que é correto é uma verdadeira luta para nós. Todos nós pecamos, quer em palavra, quer em ação. Mas, por meio do sacrifício de resgate de Jesus, podemos receber “o perdão dos nossos pecados”. (Colossenses 1:13, 14) Para merecer esse perdão, no entanto, temos de mostrar sincero arrependimento. Temos também de rogar humildemente a Jeová, pedindo seu perdão à base de nossa fé no sacrifício de resgate de seu Filho. — 1 João 1:8, 9.

Consciência limpa perante Deus.
Uma consciência pesada pode facilmente levar à falta de esperança e nos fazer sentir inúteis. Por meio do perdão possibilitado pelo resgate, porém, Jeová bondosamente nos dá condições de adorá-lo com consciência limpa, apesar de nossa imperfeição. (Hebreus 9:13, 14) Isso nos possibilita ter franqueza no falar com Jeová. Assim, podemos nos dirigir livremente a ele em oração. (Hebreus 4:14-16) Manter uma consciência limpa nos dá paz mental, promove a auto-estima e contribui para a felicidade.

A esperança de vida eterna tanto na terra como no céu. “O salário pago pelo pecado é a morte”, diz Romanos 6:23. O mesmo versículo acrescenta: “Mas o dom [ou dádiva] dado por Deus é a vida eterna por Cristo Jesus, nosso Senhor.” Todas essas bênçãos futuras, incluindo a vida eterna com saúde perfeita, serão possíveis porque Jesus morreu por nós. Para recebê-las, temos de mostrar que prezamos a dádiva do resgate. (salmo 37:10,11,29; isaias 65:21-23; isaias 33:24, revelação apocalipse 21:3,4)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

MensagemAssunto: Re: Lucas 22:19   Sex Mar 26, 2010 5:02 am

Como, então, você pode mostrar gratidão pela dádiva divina do resgate?

aprenda mais a respeito do Grande Dador, Jeová e de seu filho (João 17:3) . . .Isto significa vida eterna, que absorvam conhecimento de ti, o único Deus verdadeiro, e daquele que enviaste, Jesus Cristo.
À medida que seu conhecimento sobre Jeová aumentar, seu amor por ele se aprofundará. Esse amor, por sua vez, fará com que você deseje agradá-lo. — 1 João 5:3.


Exerça fé no sacrifício de resgate de Jesus.
O próprio Jesus disse: “Quem exerce fé no Filho tem vida eterna.” (João 3:36) Como podemos exercer fé em Jesus? Essa fé não é demonstrada apenas por palavras. “A fé sem obras está morta”, diz Tiago 2:26. De fato, a fé verdadeira evidencia-se por meio de “obras”, isto é, ações. Uma das maneiras de mostrar que temos fé em Jesus é fazer o melhor possível para imitá-lo, não só em palavras, mas também em ações. — João 13:15.
exercer vem de exercicio, prática e não apenas um sentimento mas uma acção

obedeça á ordem dec comemorar a morte de cristo e não da sua ressurreição-Na noite de 14 de nisã de 33 EC, Jesus instituiu uma celebração especial que a Bíblia chama de “refeição noturna do Senhor”. (1 Coríntios 11:20; Mateus 26:26-28) Essa celebração é chamada também de Comemoração (ou Memorial) da morte de Cristo. Jesus a instituiu para ajudar seus apóstolos e todos os cristãos verdadeiros que viessem depois deles a ter em mente que, por meio de sua morte como humano perfeito, ele deu sua alma, ou vida, como resgate. A respeito dessa celebração, Jesus ordenou: “Persisti em fazer isso em memória de mim.” (Lucas 22:19) A Comemoração nos faz lembrar do grande amor demonstrado tanto por Jeová como por Jesus no caso do resgate. Podemos mostrar gratidão pelo resgate por comparecermos à celebração anual da morte de Jesus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Lucas 22:19   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Lucas 22:19
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Comparação do "Pai nosso" em Lucas 11:2 entre Fiel, RC, RA e Valera Antigua
» "HOJE ESTARÁS COMIGO NO PARAÍSO” (Lucas 23:43). COMENTÁRIOS DO ESTUDO.
» Como entender o texto de Lucas 23:43,sobre o ladrão da cruz?
» Lucas 21;9
» O que Jesus realmente quis dizer ao malfeitor em Lucas 23:43 hoje estarás comigo no paraíso .

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
À Procura da Verdade :: Outros assuntos :: Explicando textos :: Riquezas de Salomão-
Ir para: