À Procura da Verdade

Este fórum foi iniciado para que se pudesse conversar livremente e colocar os diversos pontos de vista sobre as verdades bíblicas.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 livro de zacarias

Ir em baixo 
AutorMensagem
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

MensagemAssunto: livro de zacarias   Qui Set 24, 2009 10:34 am

Todos os que estudam a profecia de Zacarias e meditam nela tirarão proveito ao adquirirem conhecimento que fortalece a fé. Zacarias traz à atenção mais de 50 vezes “Jeová dos exércitos” como Aquele que luta pelo seu povo e o protege, conferindo-lhe poder segundo a necessidade. Quando uma oposição montanhesca ameaçou a conclusão da construção do templo, Zacarias declarou: “Esta é a palavra de Jeová a Zorobabel, dizendo: ‘“Não por força militar, nem por poder, mas por meu espírito”, disse Jeová dos exércitos. Quem és tu, ó grande monte? Diante de Zorobabel tornar-te-ás uma planície.’” O templo foi terminado com a ajuda do espírito de Jeová. Da mesma forma hoje, os obstáculos se desvanecerão se forem enfrentados com fé em Jeová. É assim como Jesus disse aos seus discípulos: “Se tiverdes fé do tamanho dum grão de mostarda, direis a este monte: ‘Transfere-te daqui para lá’, e ele se transferirá, e nada vos será impossível.” — Zac. 4:6, 7; Mat. 17:20.

 No capítulo 13, versículos 2 a 6, Zacarias ilustra a lealdade que identifica a organização de Jeová até hoje. Esta tem de ultrapassar toda relação humana, tal como a de parentes chegados, de carne e sangue. Caso um parente chegado profetize falsidade em nome de Jeová, isto é, fale contrário à mensagem do Reino e procure erroneamente influenciar outros na congregação do povo de Deus, os membros da família dessa pessoa devem apoiar lealmente qualquer ação judicativa tomada pela congregação. A mesma posição deve ser assumida com respeito a qualquer associado íntimo que profetizar falsamente, para que este se sinta envergonhado e ferido no coração por causa de sua ação errada.

Como mostraram nossos parágrafos introdutórios, a entrada de Jesus em Jerusalém como rei, “humilde, e montado num jumento”, ser ele traído por “trinta moedas de prata”, serem seus discípulos dispersos naquela ocasião, e ser ele traspassado na estaca pela lança dum soldado, tudo isto foi predito por Zacarias em pormenores precisos. (Zac. 9:9; 11:12; 13:7; 12:10) A profecia também cita o “Renovo” como construtor do templo de Jeová. Uma comparação de Isaías 11:1-10 com Jeremias 23:5 e Lucas 1:32, 33 indica que este é Jesus Cristo, que “reinará sobre a casa de Jacó para sempre”. Zacarias descreve o “Renovo” como um “sacerdote sobre o seu trono”, o que está em harmonia com as palavras do apóstolo Paulo: “Jesus . . . se tornou sumo sacerdote para sempre à maneira de Melquisedeque”, também: “Ele se assentou à direita do trono da Majestade nos céus.” (Zac. 6:12, 13; Heb. 6:20; 8:1) Assim, a profecia aponta para o “Renovo” como sendo Sumo Sacerdote e Rei à direita de Deus nos céus, enquanto, ao mesmo tempo, proclama a Jeová como Governante Soberano sobre todos: “E Jeová terá de tornar-se rei sobre toda a terra. Naquele dia Jeová mostrará ser um só e seu nome um só.” — Zac. 14:9.

 Referindo-se a esse tempo, o profeta repete a frase “naquele dia” umas 20 vezes, e até conclui com ela sua profecia. Um exame de suas muitas ocorrências indica que se trata do dia em que Jeová decepa os nomes dos ídolos e remove os falsos profetas. (13:2, 4) É o dia em que Jeová trava guerra com as nações agressoras e espalha confusão em suas fileiras à medida que as aniquila e fornece ‘o vale dos seus montes’ qual refúgio para seu próprio povo. (14:1-5, 13; 12:8, 9) Sim, “Jeová, seu Deus, os há de salvar naquele dia como o rebanho do seu povo”, e eles chamarão um ao outro enquanto debaixo da videira e debaixo da figueira. (Zac. 9:16; 3:10; Miq. 4:4) É o dia glorioso em que Jeová dos exércitos ‘residirá no meio’ do seu povo e em que “sairão de Jerusalém águas vivas”. Estas palavras de Zacarias identificam os acontecimentos ‘daquele dia’ como presságios de “um novo céu e uma nova terra” relacionados com a promessa do Reino. — Zac. 2:11; 14:8; Rev. 21:1-3; 22:1.

 “Quem desprezou o dia das coisas pequenas?” pergunta Jeová. Eis que esta prosperidade abrangerá a terra inteira: ‘Muitos povos e poderosas nações virão realmente para procurar a Jeová dos exércitos em Jerusalém, e dez homens dentre todas as línguas das nações agarrarão a aba da veste dum homem judeu, dizendo: “Iremos convosco, pois ouvimos que Deus está convosco.”’ “Naquele dia”, até mesmo as sinetas do cavalo levarão as palavras: “A santidade pertence a Jeová!” É muitíssimo proveitoso considerar tais profecias acalentadoras, pois mostram que o nome de Jeová será deveras santificado por meio da Semente do seu Reino! — Zac. 4:10; 8:22, 23; 14:20.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
livro de zacarias
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Quem são as duas testemunhas de apocalipse 11?
» Livro para Olimpíadas de matemática
» Receba gratuitamente o livro Tempo de Esperança
» Um livro de 200 páginas
» Qual o melhor livro de Mátematica do Fundamenta?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
À Procura da Verdade :: Outros assuntos :: Composição da bíblia :: Por que estes livros compõe a bíblia ?-
Ir para: