À Procura da Verdade

Este fórum foi iniciado para que se pudesse conversar livremente e colocar os diversos pontos de vista sobre as verdades bíblicas.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe
 

 livro de jonas

Ir em baixo 
AutorMensagem
são vieira



Mensagens : 923
Reputação : 16
Data de inscrição : 24/07/2009
Localização : portugal

livro de jonas Empty
MensagemAssunto: livro de jonas   livro de jonas EmptyQui Set 24, 2009 10:26 am

O proceder de Jonas e o que disso resultou devem servir de aviso para nós. Ele fugiu de uma tarefa dada por Deus; deveria ter posto mãos à obra e confiado em Deus para o ajudar. (Jon. 1:3; Luc. 9:62; Pro. 14:26; Isa. 6:Cool Quando já ia na direção errada, demonstrou atitude negativa por não se identificar abertamente aos marujos como adorador de “Jeová, o Deus dos céus”. Ele perdera a sua intrepidez. (Jon. 1:7-9; Efé. 6:19, 20) A egocentricidade de Jonas levou-o a considerar a misericórdia de Jeová para com Nínive como afronta pessoal; tentou salvar as aparências, dizendo a Jeová que sabia desde o início que esse seria o resultado — portanto, por que enviá-lo como profeta? Ele foi repreendido por causa desta atitude desrespeitosa e queixosa, de modo que devemos tirar proveito de sua experiência e refrear-nos de achar falta em Jeová mostrar misericórdia ou no modo de ele fazer as coisas. — Jon. 4:1-4, 7-9; Fil. 2:13, 14; 1 Cor. 10:10.

 O que mais se destaca no livro de Jonas é a descrição das magníficas qualidades de benevolência e de misericórdia de Jeová. Jeová mostrou benevolência para com Nínive, enviando seu profeta para avisar sobre a iminente destruição, e estava disposto a mostrar misericórdia, quando a cidade se arrependeu — misericórdia que permitiu que Nínive sobrevivesse por mais de 200 anos, até ser destruída pelos medos e babilônios por volta de 632 AEC. Jeová demonstrou misericórdia para com Jonas, livrando-o do mar tempestuoso e providenciando o cabaceiro para “tirá-lo do seu estado calamitoso”. Por providenciar e em seguida retirar o cabaceiro protetor, Jeová fez ver a Jonas que ele mostra misericórdia e benevolência segundo Seu beneplácito. — Jon. 1:2; 3:2-4, 10; 2:10; 4:6, 10, 11.

 Em Mateus 12:38-41, Jesus disse aos líderes religiosos que o único sinal que se lhes daria seria “o sinal de Jonas”. Depois de passar três dias e três noites no “ventre do Seol”, Jonas foi e pregou a Nínive, tornando-se assim um “sinal” para os ninivitas. (Jon. 1:17; 2:2; 3:1-4) Similarmente, Jesus passou partes de três dias na sepultura e daí foi ressuscitado. Quando os discípulos proclamaram as evidências desse acontecimento, Jesus tornou-se um sinal para aquela geração. Segundo o método judaico de medir o tempo e os fatos em cumprimento do caso de Jesus, este período de “três dias e três noites” poderia ser de menos de três dias completos.

 Naquela mesma palestra, Jesus contrasta o arrependimento dos ninivitas com a dureza de coração e a aberta rejeição que sofreu da parte dos judeus durante seu próprio ministério, dizendo: “Homens de Nínive se levantarão no julgamento com esta geração e a condenarão; porque eles se arrependeram com o que Jonas pregou, mas, eis que algo maior do que Jonas está aqui.” (Veja também Mateus 16:4 e Lucas 11:30, 32.) “Algo maior do que Jonas” — o que queria Jesus dizer com isso? Ele se referia a si mesmo como o maior profeta de todos, O enviado por Jeová para pregar: “Arrependei-vos, pois o reino dos céus se tem aproximado.” (Mat. 4:17) Não obstante, a maioria dos judeus daquela geração rejeitaram “o sinal de Jonas”. Que dizer de hoje? Embora a maioria não acate a mensagem de aviso de Jeová, muitos milhares no mundo inteiro estão tendo a gloriosa oportunidade de ouvir as boas novas do Reino de Deus que foram primeiro pregadas por Jesus, “o Filho do homem”. Como os arrependidos ninivitas, que foram abençoados através da pregação de Jonas, estes também podem partilhar da abundante e misericordiosa provisão de Jeová para uma vida prolongada, pois, realmente, “a salvação pertence a Jeová”. — Jon. 2:9.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
livro de jonas
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» doença hpv
» A traça e os livros
» A Sinagoga de Satanás
» O livro de Tiago não foi inspirado por Deus?
» Indicação de livro de Física

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
À Procura da Verdade :: Outros assuntos :: Composição da bíblia :: Por que estes livros compõe a bíblia ?-
Ir para: